domingo, 20 de abril de 2008

Número de luteranos no mundo chega a 71 milhões

Dados da Federação Luterana Mundial (FLM) indicam que em 2007 o número de cristãos luteranos chegou a 71,8 milhões de pessoas no mundo. A cifra representa um acréscimo de 2,3% em relação ao ano anterior. A África e a Ásia são os continentes com maior crescimento. Nas demais partes do mundo os números de membros estão caindo.Na África, a missão tem conquistado muitas pessoas para a Igreja. Em um ano o crescimento foi de 12,3% ou quase 2 milhões de pessoas. Países como Tanzânia, Gana, Quênia e Nigéria aumentaram sua membresia em mais de 20%. Na região, Etiópia e Tanzânia tem, cada uma, mais de 4 milhões de pessoas luteranas. A Ásia também apresenta números positivos de 1,22%. A Igreja da Indonésia é a maior com 3,7 milhões de luteranos.

MENOS LUTERANOS NA EUROPA E AMÉRICAS
O continente europeu continua perdendo luteranos, bem como as demais religiões cristãs. No último ano, 300 mil luteranos deixaram os templos, um decréscimo de 0,78%. Porém, se a Igreja decresce em redutos luteranos tradicionais como Alemanha, ganha membros em outros países como Rússia, Inglaterra e França. Ainda assim, o continente concentra o maior número de luteranos do mundo (37 milhões de pessoas). Em países como Dinamarca, Noruega e Finlândia, de cada 10 pessoas quase 9 são luteranas. Na Alemanha, estão 12,6 milhões de luteranos, o país com maior número de seguidores de Lutero no mundo. Nas Américas, o número de membros reduziu-se em 112 mil pessoas. Os Estados Unidos têm a maior concentração de luteranos com 7,6 milhões. A Igreja do Sínodo de Missouri, que deu origem à IELB, é a segunda maior da América e também apresenta uma pequena diminuição de membros.

IELB SOBE, IECLB DESCE
Segundo os dados da FLM, o Brasil tem três Igrejas: a IELB, a IECLB e a Luterana Livre. Aqui vivem 934 mil luteranos, sendo o segundo país das Américas em número de membros. A IELB é uma das poucas Igrejas Luteranas que crescem no continente. Ano passado, ultrapassou 230 mil pessoas, acréscimo de 2,5%. Neste ano, o número deve aumentar mais. Em contrapartida, a IECLB apareceu no censo com um decréscimo de 16 mil pessoas, chegando a 703 mil membros. A Luterana Livre é uma igreja menor, com aproximadamente mil seguidores.

(fonte: http://www.ielb.org.br/)

Nenhum comentário:

CLIQUE E VEJA AS NOVIDADES DA SBB!