sábado, 6 de março de 2010

ESCOLA DOMINICAL ATEÍSTA

 

Nas manhãs de domingo, a maioria dos pais que não acreditam no Deus dos cristãos, ou em qualquer deus, provavelmente estarão tomando café da manhã ou numa divertida partida de futebol com as crianças, ou em alguma tarefa doméstica ou, com sorte, dormindo. Sem religião, não há nenhuma necessidade por igreja, certo?

Talvez. Mas alguns não crentes estão começando a achar que necessitam  de algo para os filhos deles. Quando você tem crianças,  diz Julie Willey, uma engenheira de design, que você começa a notar que seus colegas de trabalho ou amigos têm uma igreja e se reúnem para ajudar a ensinar os valores às crianças. Assim todas as semanas Willey, que é budista e e que nunca acreditou em Deus, e o marido dela prendem as quatro crianças deles na minivan azul deles e vão ao Centro da Comunidade Humanista em Palo Alto, Califórnia, para escola dominical ateísta.

clip_image002De acordo com o Instituto para Estudos Humanistas, 14% dos americanos professam não terem nenhuma religião, e entre a faixa etária de 18 a 25 anos, a proporção sobe para 20%.

A vida destas pessoas jovens seria muito mais fácil, do que a dos ateus adultos, dizem, se eles aprendessem desde cedo como responder à maioria dos cristãos nos EUA. É importante as crianças não parecerem estranhas,  diz Peter Bishop que conduz a classe teen no Centro Humanista em Palo Alto. Outros dizem que a instrução semanal apóia a posição que é natural não acreditar em Deus e lhes dá um lugar para reforçar a moralidade e valores que eles querem que as crianças deles tenham.

O programa pioneiro em Palo Alto começou há três anos, e comunidades em Phoenix, Albuquerque, Novo México, e Portland. Planejam começar trabalhos semelhantes na próxima primavera. O movimento crescente de instituições para crianças de famílias de ateus também inclui:  Acampamentos de verão em cinco estados mais Ontario,CA; e a Academia Carl Sagan, na Flórida, a primeira escola pública Humanista do país que abriu com 55 crianças no outono de 2005. Bri Kneisley que enviou o filho Damian de 10 anos, acampar em Ohio neste último verão, dá as boas-vindas ao senso de comunidade que estas novas escolhas  lhe oferecem:  Ele é uma criança de pais de ateu, e ele não é o único no mundo.

Kneisley, 26 anos, diz que percebeu que Damian precisava aprender sobre secularidade depois que um vizinho lhe mostrou a Bíblia. Na maioria dos acampamento tradicionais, o filho dela amava canoagem, além disso, o  acampamento ateísta ensinou para Damian pensamento crítico, religiões mundiais e de livres-pensadores (um termo que engloba ateus, agnósticos e outros racionalistas).

O Programa Palo Alto Family usa música, arte e discussão para encorajar expressão pessoal, curiosidade intelectual e colaboração. Em um domingo de outono pode-se encontrar até uma dúzia de crianças de até 6 anos de idade e vários pais que tocam instrumentos de percussão e cantam hinos como Ten Little Indians, em vez de canções como Jesus me ama. Em vez de ouvirem uma história da Bíblia, a classe ouve Stone Soup, uma parábola secular. No corredor na cozinha, as crianças mais velhas se concentram em uma conversação Socrática com o líder Bishop.

Pais ateus apreciam este ambiente. Isso é por que Kitty, uma atéia que não quis revelar o último nome para proteger a privacidade das crianças, traz seus filhos à classe de Bishop toda semana. Depois que Jonathan, 13, e Hana, 11, nasceram, Kitty diz que ela se sentia socialmente isolada e até mesmo pensou em experimentar levá-los à igreja. Mas eles estão tendo discussões racionais, então mais confortáveis no Centro  Humanista. Eu sou uma pessoa que não acredita em mitos,  Hana diz. Eu aprecio bastante à evidência.

Nota:

Pais ateus estão preocupados em levar os filhos à Escola Dominical Ateísta para saberem rejeitar o cristianismo. Os pais cristãos estão preocupados em levarem seus filhos à Escola Bíblica Dominical? Pais cristãos tem essa mesma convicção da importância da Escola Dominical que os pais ateus? 

Hora Luterana - Mensagens de Esperança

As maravilhas de Deus

Quando alunos foram desafiados a fazerem uma lista do que consideravam as sete maravilhas do mundo, inúmeras foram as notáveis realizações da humanidade citadas. Uma menina timidamente deu a resposta: “Eu acho que as sete maravilhas do mundo são: ver, ouvir, tocar, saborear, sentir, rir e amar.” Como é importante reconhecer que tudo que somos e temos vem de Deus, o Criador e Mantenedor deste mundo. Ele enviou Jesus para ser o nosso Salvador. Na verdade, se observarmos atentamente, constataremos que a nossa lista de agradecimentos é extensa. Precisamos agradecer por tudo que Deus fez e tem feito por nós, bem como falar destas maravilhas aos que ainda não conhecem a ação e o amor de Deus, por meio de Jesus Cristo, o Salvador.

Oremos: Ó Senhor, nosso Deus, não há ninguém igual a ti. Tu tens feito muitos planos maravilhosos para o nosso bem. Muito obrigado, em nome de Jesus. Amém.

“Porque todos nós temos sido abençoados com as riquezas do seu amor, com bênçãos e mais bênçãos.” (João 1.16)

sexta-feira, 5 de março de 2010

Hora Luterana - Mensagens de Esperança

Segurança

Em dias de aumento da violência e tantos perigos, um aspecto básico a ser levado em consideração é a segurança. A exemplo do salmista Davi, devemos orar assim: “Ó Senhor Deus, eu sei que nunca deixarás de ser bom para mim. O teu amor e a tua fidelidade sempre me guardarão seguro.”. O amor de Deus lança fora o medo. O amor de Jesus Cristo por nós faz com que ele cuide de nós, olhe por nós e nos proteja. Em Cristo podemos ter certeza de que o ditado é verdadeiro: “Quem ama, cuida!”

Oremos: Deus, que o teu amor e a tua fidelidade me mantenham seguro de todos os males e me protejam diante das dificuldades da vida. Creio nesta verdade e peço em nome de Jesus. Amém.

“Ó Senhor Deus, eu sei que nunca deixarás de ser bom para mim. O teu amor e a tua fidelidade sempre me guardarão seguro.” ( Salmo 40.11)

quinta-feira, 4 de março de 2010

Hora Luterana - Mensagens de Esperança

Palavras boas e más

Amar é ouvir a palavra de Deus. Quando falamos que amamos a Deus precisamos nos conscientizar de que este amor também será refletido em ações. Jesus disse: “A pessoa que é de Deus escuta as palavras de Deus.” No mundo existem muitas coisas para serem escutadas, boas e más. No entanto, amar é ouvir a palavra de Deus. Ouça, leia e medite nas Escrituras Sagradas. Elas apresentam Jesus como nosso Salvador.

Oremos: Amado Pai, eu desejo ouvir a tua palavra para não ser enganado pelo espírito do erro. Peço que o Senhor abençoe todos aqueles que realizam esta tarefa de levar a tua Palavra ao mundo de hoje. Amém.

“A pessoa que é de Deus escuta as palavras de Deus.” (João 8.47)

 

quarta-feira, 3 de março de 2010

Hora Luterana - Mensagens de Esperança

Vivos por amor

Como sabemos que uma pessoa está viva? Geralmente notamos a intensidade do batimento cardíaco e se existe respiração, ou seja, sinais vitais. Mas a Palavra de Deus propõe uma nova maneira de verificarmos se uma pessoa está morta ou viva: olharmos o amor na vida dessa pessoa. Certamente não existe nada mais triste do que uma vida sem amor. Nós amamos porque Jesus nos amou. Com fé em Cristo, certamente teremos amor para com os outros.

Oremos: Obrigado, Senhor, pela vida que recebi de Jesus. Quero permanecer vivo com ele até o fim. Não permitas que o egoísmo atrapalhe o meu cristianismo, mas ajuda-me a viver a minha fé. Amém.

“Por estarem unidos com Cristo, vocês são fortes, o amor dele os anima, e vocês participam do Espírito de Deus. E também são bondosos e misericordiosos uns com os outros.” (Filipenses 2.1)

terça-feira, 2 de março de 2010

Hora Luterana - Mensagens de Esperança

De onde vem o amor?

Se quisermos compreender o amor cristão, é fundamental sabermos sua origem. A mensagem cristã sempre foi baseada no amor, porque tudo teve início com o amor de Deus. E a maior demonstração do amor de Deus pode ser observada no cumprimento das suas promessas de salvação. Deus faz aparecer o seu amor oferecendo seu único Filho, Jesus Cristo, como sacrifício em nosso lugar. Jesus é a maior prova do amor de Deus por nós. Jesus Cristo também deixou provas incontestáveis do seu amor. Suas atitudes de amor foram direcionadas a todas as pessoas indistintamente. Por isso, nós somos responsáveis pela continuação do trabalho de Jesus Cristo. Neste trabalho o amor a Deus e ao semelhante ocupam o primeiro lugar.

Oremos: Querido Deus, eu te agradeço pelo teu amor. Sei que a tua vontade é que eu também demonstre amor ao meu semelhante. Ajuda-me a viver o amor de Jesus em minha vida diária. Amém.

“E o amor é isto: não fomos nós que amamos a Deus, mas foi ele que nos amou e mandou o seu Filho para que, por meio dele, os nossos pecados fossem perdoados.” (1João 4.10)

CLIQUE E VEJA AS NOVIDADES DA SBB!